A crise iminente que pode extinguir o seu negócio

O que poderia surgir hoje com potencial suficiente para extinguir o meu negócio

Essa pergunta me foi feita, despretensiosamente, por um amigo, mas ela não me saiu da cabeça. A verdade é que, neste momento, alguém pode estar criando um produto que pode extinguir o seu negócio ou mesmo gerar uma crise significativa na sua empresa, na sua profissão. Este é um tipo de crise que poucos reservam tempo para se preparar e, por este motivo, ela pode ser fatal.  

As crises podem ser divididas em duas colunas: as iminentes e as evitáveis. Ótimos profissionais oferecem como produto a solução de uma crise que pode ser evitada e são muito bons neste ofício. Crises evitáveis são aquelas que temos o poder de “prever”; problemas de qualidade, críticas aos serviços, problemas na construção de imagem da empresa ou de porta-vozes. Entretanto, com um bom planejamento estratégico, temos como evitar ou até apagar alguns incêndios deste tipo.

Planejamento mantém a saúde da sua empresa e evita crises desnecessárias.

Isso é consenso. Mas o exercício de pensar um produto com potencial de eliminar a sua própria empresa do mercado pode não só evitar que isso aconteça como também fazer seu negócio crescer. Se você não estiver pensando nisso neste momento, alguém está. Eu chamo isso de crise iminente.

A pandemia do Coronavírus expôs fragilidades de grandes empresas, mas também foi a oportunidade para o surgimento de novos produtos que alavancaram negócios. Mas o assunto deste artigo não é esse. Falei sobre isso em outra ocasião no texto “Como uma crise pode alavancar negócios e mudar hábitos organizacionais”

A questão aqui é a crise iminente que podem extinguir o seu negócio. Sim, ela é iminente e todo CEO ou fundador de uma empresa precisa se preparar pra isso. Você que também é empregado, pode perder sua função para um aplicativo ou inteligência artificial. Faz tempo que essa suposição deixou de ser ficção científica.

Murilo Gun, palestrante e professor de criatividade,  fala sobre habilidades que todo profissional deveria ter para enfrentar o mercado do futuro. Para ele, a criatividade é uma das poucas coisas que uma inteligência artificial não consegue reproduzir. Ainda! A profissão de jornalista, por exemplo, pode estar ameaçada no futuro. Já existe uma empresa, que surgiu como startup, a Narrative Science que se autodenomina líder em “geração automatizada de narrativas” para empresas. Os textos são alimentados por inteligência artificial e ofertados para empresas como a Forbes.

O consultor e empresário Maurício Benvenutti, sócio da Startse, está envolvido neste ambiente de disrupções tecnológicas e aborda o assunto em seu livro “Incansáveis”, onde traz à tona todo o ambiente do Vale do Silício, berço de inovações que mudaram a vida de pessoas no mundo de forma escalável. Para ele, o consumidor é quem dita a mudança nos hábitos de consumo, não as empresas. De nada adiantou protestos mundiais contra o Uber, no final, essa ferramenta revolucionou o modo como nos deslocamos hoje e é impossível voltar atrás. 


A gente até sabe que a tecnologia pode mudar nossa rotina, mas poucos são aqueles que se preparam para que ela roube seu negócio ou sua profissão. Não se reflete sobre isso no cotidiano, mas essa é uma crise iminente que pode não chegar rápido, mas vai chegar. 

Existe algo que possamos fazer para evitar que a tecnologia avance e acabe com meu negócio ou trabalho? Não! Esse horizonte já está exposto e sendo observado por pessoas com binóculos ao lado de outros que enxergam borrões a olho nu. Estar perto de ecossistemas de inovação, observar novos produtos ou talentos que sejam interessantes para agregar valor ao seu negócio são atitudes importantes a serem tomadas. Além de tudo, exercitar o hábito de criar novas soluções para problemas do cotidiano é urgente e imprescindível para a sobrevivência de qualquer negócio ou função. 

Inovações e soluções revolucionárias estão em desenvolvimento, agora, e elas podem vir como uma bomba que imploda seus negócios. Benvenutti afirma: “A inovação não surge mais do trabalho isolado em laboratório. Ela surge de qualquer pessoa, a qualquer hora, em qualquer lugar no mundo inteiro”. Ela pode estar surgindo agora.  

Tic, Tac!

#Empreendedorismo #Gestão #Gestãodecrise #negócios

0 visualização0 comentário